domingo, 22 de fevereiro de 2015

Blogagem Coletiva: Melhores viagens em família

Essa é minha primeira participação em blogagens coletivas, bom funciona mais ou menos assim, participo de um grupo no facebook chamado Viagens em Família, e lá de tempos em tempos são sugeridos temas para blogagem coletiva, todos que possuem blogs postam um texto sobre o tema escolhido no mesmo dia.

Dessa vez o tema é:  As 3 ou as 5 melhores viagens em família, a principio ia falar das 3 melhores, mas resolvi incluir nossa última viagem também, serão as 4 melhores viagens desde a chegada do nosso pequeno.

Acho que  não precisa ser uma mega viagem, ou ser aquela viagem muito longe ou até aquelas que são só para a criança aproveitar, para se tornar a "melhor" viagem, o que importa mesmo é a curtição com a família, penso que qualquer saída que reúna a família em momentos que se tornaram inesquecíveis, está valendo.

Então vou começar com uma das nossas primeiras viagens: BROTAS

Foi na segunda vez que estivemos lá com o João Rafael ele estava com 2 anos e fizemos alguns passeios de aventura com ele.

Ficamos hospedados na casa de um casal amigo, foi só um final de semana. A viagem foi de ônibus e lá passamos uma tarde no parque Aventurah onde fizemos o maior circuito de tirolesas da cidade, com o pequeno agarrado no meu colo foi uma experiência incrível, dizíamos a ele que iríamos voar, a paisagem é linda no meio das árvores nos sentimos como pássaros voando mesmo, estávamos a mais de 100 metros de altura e descemos duas tirolesas uma de 800 mt e outra de 500mt.
Depois dessa mega aventura, ficamos um pouco no parque, almoçamos e depois descansamos.





Também fizemos o passeio de mini rafting, o percurso é bem tranquilo, mas a adrenalina no começo de fazer uma atividade com seu filho, mesmo que para mim não fosse a primeira fez, mas de participar esse novo momento com ele é realmente especial, depois da metade do percurso a adrenalina mais em baixa curtimos mais a paisagem, os sons e os perfumes da natureza.





A próxima Viagem escolhida é : PORTO DE GALINHAS

João estava com 3 anos, e essa é uma das favoritas dele, ele ficou muitos dias dizendo que queria morar lá e até hoje quando vê fotos, ele chora pedindo para que a gente volte.

Apesar de não ser nosso perfil de viagens é impossível não amar esse lugar, ficamos hospedados no melhor resort da cidade a convite do Nannai Resort ( sou agente de viagens e tive a sorte de ganhar esse premio),  deu para entender a paixão pelo lugar?? Mas como uma criança que não tem muito conhecimento de luxo e não tem um padrão de exigência se encantou tanto com o Resort? Bom só as piscinas já responderiam 50%, são maravilhosas e ainda tivemos nossa piscina exclusiva. Os outros 50% foram uma somatória, o hotel é extremamente tranquilo, não é uma barulheira sem fim, e ele foi muito bem tratado, um carinho e um respeito com crianças que fiquei surpresa e feliz. Também o fato de não ter muito programação e ficar livre para piscinas , praia, play do hotel e alguns passeios ( foram só dois em 4 dias) acho que completaram tanto encantamento.






Nosso relato completo aqui

A terceira Viagem: ORLANDO

Ah essa é fácil né, que criança não gosta de uma viagem para Disney ???
Bom mas essa viagem tem um Q de especial para nós, um não, vários !
Foi nossa primeira viagem com TODA família, pai , mãe, irmã, cunhado e sobrinhas. As crianças estavam todas com 5 anos, a mais nova completaria seus 5 anos lá com grande requinte se transformando em Cinderela e participando do jantar com as princesas.




Estávamos em 6 adultos e 3 crianças, para coincidir as férias de todos, viajamos no dia 31/12.
Pegamos na primeira semana a cidade ainda em clima de Natal, tudo enfeitado, músicas Natalinas rolando nos parques e um clima perfeito, nem muito frio, nem calor. De repente chegou uma baita frente fria e pegamos um dos dias mais frios nos últimos 10 anos na Florida, era noticia em todos os telejornais, e era bem nesse dia o aniversário da Manuela, o dia programado para Magic Kingdom, não deixamos de fazer nada apesar do frio, tomamos muito café e chocolate quente para esquentar, e adoramos as filas em lugares fechados , quentinhos!



Fizemos os principais parques começamos pelo Epcot, Sea World, Hollywood Studios, Island of Adventure, Magic Kingdom fizemos em dois dias, Legoland e Universal Studios, nessa ordem.
A programação da viagem foi um episódio a parte, foram meses de estudo, organizando, alias diria anos, inclusive guardando dinheiro para conseguirmos realizar tudo. Ma na hora H as coisas mudam um pouco, entre dias de parques alternamos alguns dias de compras, e a programação era estarmos sempre juntos, mas depois do dia mais frio o João teve uma crise de bronquite, chamamos o médico do seguro e essa nos orientou a não sair com ele por dois dias. Então mudamos os planos e fizemos um dia de compras, a família toda foi para um outlet e eu e o Edison nos revezamos entre comprar remédios, cuidar do pequeno e ir as compras. No dia seguinte a família foi ao parque Universal e nós continuamos o revezamento, para mim até que rendeu pois passei uma tarde em outlet sem homens controlando o tempo ou os gastos, foi bem melhor aproveitado. No último dia nós fizemos o parque que faltava para nós e a família terminou as compras.













Ficamos hospedados fora da Disney, na região da Universal- International Drive, nosso Hotel foi o Best Western Plus Gateway, para quem aluga carro a localização é excelente, para nós que estávamos sem carro, escolhemos dessa forma, não foi a melhor localização pois estava a uma caminhada com crianças de uns 15 minutos da international drive, onde tinha ponto de ônibus, farmácias e restaurantes. Contratamos transfer para os parques e chegada e saída do aeroporto, demais transportes foi com taxi, ônibus da cidade, I-ride e ônibus da Universal. Gostei muito da nossa escolha e faria da mesma forma estando com um grupo grande como foi o nosso.


No hotel pegamos um apartamento por família, sendo dois quartos conjugados e um não, as crianças entravam e saiam dos quartos a todo momento, tomávamos café da manhã no quarto com as compras que fizemos no supermercado logo no primeiro dia. Foi uma farra para as crianças essa nossa "casa" por 15 dias.



Foi uma jornada e tanto, testamos vários limites, o da convivência, das emoções, do frio, das aventuras, tudo vivido em família, na primeira infância de nossas crianças, acho que vamos deixar a eles grandes lembranças. Bom quando chegamos todos perguntavam se eles tinham gostado e respondiam prontamente que sim, adoraram, em seguida a pergunta era se eles queriam voltar lá e a resposta dos 3 também era unânime que Não. Eles estavam exaustos, a viagem de volta é 10 vezes mais longa que a de ida e a saudade da casinha e da rotina batia a porta deles. Passado alguns dias lá estavam eles empolgadíssimos novamente, João e a prima até pegaram um cofrinho para juntar dinheiro para eles irem para Disney novamente.


A quarta viagem escolhida entrou agora na lista pois foi a nossa última viagem então está fresquinha: ARANDU-AVARÈ

Essa foi mais uma das pequenas viagens que fazemos. Férias de verão rolando, nenhuma viagem programada, todas as alternativas pensadas para ir a praia furam, moramos no interior de SP e a praia mais próxima fica mais de 600 km daqui, em plena férias de verão os preços lá em cima, poucos dias de férias para mim e meu marido e muita vontade de não passar em branco.





Resolvi então passar um final de semana na praia de rio que a poucos km da minha cidade tem. Avaré é muito conhecida pela represa Jurumirim, que é enorme e forma praias em alguns lugares, uns com areia mesmo e outros com terra. Na represa tem vários resorts que se instalaram ai justamente para aproveitar a natureza. Bem levantei os preços dos resorts e vi que não era para nós, então achei um lugar na cidade próxima a 12 km, chamada Arandu que também tem o privilegio de ter um "braço" da represa por lá.
Ok lá não tem a tal prainha, só o rio mesmo com alguns poucos peixes e algumas piranhas importadas de outro estado, mas a paisagem é linda e deu para se divertir na primeira pescaria do pequeno.





O Chalé Toca do Esquilo, são apenas 5 chalés cuidados por um casal de senhores e seu caseiro, tudo muito simples mas organizado, funcional e com um grande toque de carinho. Tem uma piscina pequena, sala com jogos e dois decks para pesca.







A pequena cidade de Arandu com pouco mais de 6 mil habitantes é a típica cidade do interior, uma praça central, com a igreja matriz e o coreto e ao redor, restaurantes, mercado, mercearia, bancos, farmácia e salão de beleza. De sábado acontece a feira da lua na rua principal, e são montadas algumas barracas com comidas, guloseimas e brinquedos para as crianças.

Também na cidade vizinha - Avaré, nas prainhas, uma de fácil acesso aberta ao publico fica dentro do Camping Municipal, tem banheiro publico, quiosques para fazer churrasco, Salva Vidas, só falta mesmo uma estrutura de ambulantes rsrsr, para quem vai de fora como o nosso caso e não tinha cadeiras de praia, guarda sol, ficava um tanto desconfortável, mas acho que éramos os únicos dali despreparados. Almoçamos no primeiro dia em um restaurante na beira da represa e perto da Marina, as pessoas chegavam com seu barco, jet ski, um negocio mais chique, e no outro dia em outro restaurante no mesmo estilo, nesse aproveitamos mais a praia que era de areia, a água estava uma delícia.





Por conta das últimas secas o rio já baixou bastante, as pessoas falam que a faixa de praia vem aumentando, o que não é um bom sinal, nem para natureza e nem para todos que dali vivem  e fazem negócios, como os restaurantes e resorts.


Precisam de mais inspirações para viajar com a criançada??? É o que não falta com a galera do grupo, segue as melhores viagens do pessoal:


1 - Felipe, o pequeno viajante - Claudia Rodrigues - http://felipeopequenoviajante.blogspot.com.br/2015/02/melhores-viagens-em-familia.html#more

2- Bebê Piccolo - Kelly Resende: http://bebepiccolo.blogspot.com.br/2015/02/blogagem-coletiva-as-nossas-5-melhores.html

3- Viagens que Sonhamos - Francine Agnoletto
http://www.viagensquesonhamos.com.br/2015/02/5-destinos-para-viajar-em-familia.html

4- Mosaicos do Sul - Claudia Bins - http://mosaicosdosul.blogspot.com.br/2015/02/blogagem-coletiva-as-nossas-5-melhores.html

5 - Viajando com Pimpolhos - Sut-Mie Guibert: http://viajandocompimpolhos.com/2015/02/22/blogagem-coletiva-5-melhores-viagens-em-familia/

6 - Vida de Turista - Thiago Busarello - http://www.vidadeturista.com/artigos/5-melhores-viagens-em-familia.html

7 - Gosto e Pronto - Debora Segnini http://www.gostoepronto.com/2015/02/as-nossas-5-melhores-viagens-em-familia/

8 - Viajando com Palavras - Thyl Guerra: http://viajandocompalavras.com/2015/02/22/blogagem-coletiva-melhores-viagens-familia/

9 - Viajando em Família - Débora Galizia: http://viajandoemfamilia.com.br/as-cinco-melhores-viagens-em-familia-cruzeiro-disney-orlando-cancun-california-e-paris/

10 - Trilhas e Cantos - Liliane Inglez - http://trilhasecantos.blogspot.com.br/2015/02/as-melhores-viagens-em-familia.html

11 - Pezinho na Estrada - Anna Karla Moura Ramos - http://pezinhonaestrada.com/2015/02/22/blogagem-coletiva-top-five/

12- Mamãe Tagarela - As Melhores Viagens de Pititico - http://www.mamaetagarela.com/as-melhores-viagens-de-pititico/

13  - Brasileiros Mundo Afora - Família Bömmels - http://www.brasileiros-mundo-afora.com/2015/02/as-melhores-viagens-em-familia.html

14 - Minha pele é melhor que a sua -  http://minhapeleemelhorqueasua.blogspot.com.br/2015/02/blogagem-coletiva-nossas-5-melhores.html

15 - Ir, ver e viver o mundo - Cláudia Cruzhttp://irvereviver.blogspot.com/2015/02/6-blogagem-coletiva-as-3-melhores.html

16 - Eu viajo com Meus Filhos - Patricia Papp http://viajocomfilhos.com.br/2015/02/nossas-5-melhores-viagens-em-familia-blogagem-coletiva/

17 - It Babies- Valeria Beirouth http://itbabies.net/2015/02/22/blogagem-coletiva-top-4-das-melhores-viagens-da-nossa-familia/

18 - Viagem Simplesmente - Susana Spotti http://viagemsimplesmente.blogspot.com.br/2015/02/5-melhores-viagens-em-familia.html

19 - Registros de uma Mãe Carioca - Claudia Cosentino - http://registrosdeumamaecarioca.blogspot.com.br/2015/02/nossas-5-melhores-viagens-em-familia.html

20 - Mala Inquieta - Renata Luppi http://www.malainquieta.com.br/blogagem-coletiva-nossas-melhores-viagens-em-familia/

21 - Baianos no Polo Norte - Livi Souza http://baianosnopolonorte.com/blogosfera/5-melhores-viagens-da-nossa-familia/

22- Andreza Dica & Indica Disney - Andreza Trivillin - http://www.andrezadicaeindicadisney.com.br/2015/02/blogagem-coletiva-melhores-viagens-em-familia.html

23- Ases a Bordo - Ana Luiza Ogg Strauss & André Strauss - http://www.asesabordo.com.br/top5/

24 - Lala on the road - Manuela Andrade - http://www.lalaontheroad.com/?p=591

25 - Para a Disney e Além! - Carlos e Isabel Monteiro - http://www.paraadisneyealem.com.br/2015/02/blogagem-coletiva-as-cinco-melhores.html

26 - Rascunhos de Fotografia - Jamille Andrade - http://www.rascunhosdefotografia.com.br/blogagem-coletiva/

27 - Batendo perna pelo mundo - Amanda Lago - http://www.batendopernapelomundo.com/2015/02/viajando-em-familia-nossas-5-melhores.html

28 - Colagem - Luciana Misura
http://luciana.misura.org/2015/02/22/5-melhores-viagens-com-criancas-blogagem-coletiva/

29 - Do RS para o Mundo - Andrea Almeida Barros
http://dorsparaomundo.blogspot.com.br/2015/02/as-5-melhores-viagens-em-familia-6.html

30- Viajar hei - Patricia Longo Tayão.
http://www.viajarhei.com/2015/02/nossas-melhores-viagens-em-familia.html

31 - Familia Viagem - Simone Hara & Mônica Souza
http://www.familiaviagem.com.br/2015/02/22/blogagem-coletiva-nossas-5-melhores-viagens-em-familia/

32 - Cantinho de Ná - Cynara Vianna
http://cantinhodena.com.br/nossas-5-melhores-viagens-em-familia/


33 - Bora com a Gente - Andréa Lopes
http://boracomagente.blogspot.com.br/2015/02/blogagem-coletiva-as-nossas-5-melhores.html

34-Os Caminhantes-Marcia Tanikawa
http://oscaminhantes.com/2015/02/blogagem-coletiva-as-nossas-5-melhores-viagens-em-familia.html

35- Viajando de Carro - Rosângela LVS
http://viajandodecarro.com.br/?p=6127&preview=true

36 - Espelho de si - Trícia Ferreira http://www.espelhodesi.com.br/2015/02/bc-as-5-melhores-viagens-em-familia.html

37- Roteiro Renatours - Renata Ungier
http://roteirorenatours.com/2015/02/22/blogagem-coletiva-nossas-5-melhores-viagens-em-familia/

38 - E aí, Férias! - Camila Faria http://www.eaiferias.com/2015/02/blogagem-coletiva-as-nossas-melhores-viagens-em-familia.html

39 - Guaciara Rhein - Guaciara Rhein http://guaciara.blogspot.com.br/2015/02/blogagem-coletiva-as-5-melhores-viagens.html

40 - Vou Viajar - Lu Aquino - http://vouviajar.blogspot.com.br/2015/02/blogagem-coletiva-3-viagens-classicas.html

domingo, 25 de janeiro de 2015

Porto de Galinhas


De 28/08 a 02/09/2012

Em 2012 estava com a sorte ao meu favor. Em em evento de Turismo,  assisti uma palestra sobre o Hotel Nannai em Porto de Galinhas, deixei meu cartão de visita e ao final sortearam 4 noites de hospedagem em Bangalô, eis que ouvi meu nome, era eu que tinha ganhado essa belezura, nem acreditava,  esse era o último cartão e ele que foi sorteado, passei o resto da noite em êxtase.



Assim que retornei ao trabalho já entrei em contato com o hotel agendando nossa visita, marquei bem na época do meu aniversário e não poderia ter comemorado de melhor forma !

A hospedagem era para um casal apenas, crianças acima de 2 anos já pagam uma taxa, mas o hotel foi tão simpático que deu a cortesia para o João também e ele é claro foi quem mais aproveitou e se divertiu por lá. SIM O HOTEL ACEITA CRIANÇAS.
Lá atrás, logo que o hotel abriu ele era para casais principalmente e não tinham estrutura para crianças, porém seus casais de lua de mel, começaram a ganhar filhos e solicitar a hospedagem dos bebês e o hotel logo se adequou para atender a esse novo publico, hoje tem área kids completa que logo relato melhor.

Nossa viagem começou saindo daqui de Bauru mesmo, pegamos um voo da Gol com duas conexões, destino final o aeroporto de Recife. Chegando lá fomos recepcionados pela Pontual Turismo, receptivo local, que também ganhei da operadora parceira, a Visual. Fomos muito bem recebidos, a van em bom estado tinha até cadeirinha para o João,  tudo perfeito .













Chegamos no hotel no meio da tarde, bem cansados pois a viagem toda foi longa. O diferencial do hotel já começa no check in, que fizemos sentados a uma mesa com água gelada e espumante, para João água de coco.


Um simpático maleteiro nos acompanhou até nosso bangalô, e parecíamos entrar num paraíso, um lugar super aconchegante, uma cama de solteiro foi montada para o João e mesmo assim o espaço era perfeito, a cama de casal gigante e super confortável. Também recebemos o serviço de boas vindas, com uma garrafa de espumante e frutas, puro luxo. No Banheiro uma banheira e espaço para chuveiro e vaso sanitário separados, e o melhor de tudo, a varanda, com a incrível piscina privativa além da piscina a vegetação ao redor deixa ainda mais lindo o lugar.





Colocamos rapidamente uma roupa de banho e fomos conhecer tudo que podíamos.Saímos pela piscina mesmo, se for andando as piscinas de todos os bangalôs vão se encontrando e chega na piscina central do resort. É aquela imagem que temos do resort que tenta imitar os bangalôs da Polinésia Francesa, como se estivéssemos em cima do mar, nesse caso da piscina. Acho que não é bem assim que os hospedes fazem, sair caminhando pela piscina, pois geralmente quem esta nos bangalôs, quer privacidade e ficar por ali mesmo, mas como estávamos "explorando" continuamos nossa caminhada.














                                                                                                                                                               





Já estava perto das 17h, quando acontece o famoso chá da tarde na área da piscina, ficamos por ali mesmo e nos deliciamos nas maravilhas desse fim de tarde.


























Paramos em tudo que era canto da área central do resort para fotos, lugares belíssimos.








Voltamos ao bangalô para nos aprontar para Jantar, já incluso nas diárias. O hotel oferece meia pensão, sendo o chá da tarde um plus, cortesia do hotel.

Nem preciso dizer que o jantar era maravilhoso né??  O serviço é buffet, e tem algumas ilhas: de grelhados, você escolhe sua carne e o cozinheiro faz na hora para você,  de massas frescas, um dia foi massa mesmo, você escolhe o tipo e o molho e outro dia foi de pizza, e uma ilha de sushi, sashimi. Sem contar a infinidade de doces maravilhosos, que na maioria das noites nem conseguia provar pois tinha me acabado na comida mesmo.























Não tinha nenhuma refeição especial para criança, mas com toda variedade do Buffet dava para  se servir muito bem, sempre tinha um caldo também, e nada impedia de solicitar algo especial ao Chef caso necessário. Para bebês, tem uma cozinha, com leite em pó, achocolatado, frutas e toda infraestrutura para esquentar uma comidinha, fazer um leite etc.

Após o jantar ainda demos uma volta no espaço das crianças, bem completo, com playground, jogos, sala de videogame e um tatame com brinquedos para os bebes, além da quadras e da piscina infantil com toboágua .













Estávamos moídos, então voltamos e apagamos para poder aproveitar o dia seguinte.


Acordamos cedo, para tomar o café da manhã com calma e seguir para praia.

O café da manhã tem de tudo que se possa imaginar, uma mesa só com frutas, grande variedade e de ótima qualidade.
Uma infinidade de pães, um delicioso croissant pequenino e quentinho, vários tipos de bolos caseiros, geleias e iogurtes, natural, feitos pelo hotel e os industrializados, sempre de marcas conhecidas. Também podia pedir ovos quentes, omeletes , waffles e panquecas, ah e a espumante também estava lá no café da manhã para se servir a vontade,  tudo tão gostoso  !!























A praia do hotel, é a de Muro Alto, bem de frente  forma uma lagoa pois tem um muro feito pelos recifes, só forma uma faixa de areia na maré baixa, para aproveitar o mar tem que ir cedo, pois a tarde a praia some. O hotel tem serviço de praia, e os hospedes são sempre muito bem atendidos, também fica por ali uma banca com artesanato da região. O hotel vizinho o Summerville  monta o serviço de praia no mesmo lugar, pois a praia do hotel não dá para entrar por conta dos recifes.

Aproveitamos bastante água quentinha, limpa, uma delícia !
































Voltamos para o hotel pois o sol já estava forte, demos almoço para o João no restaurante do hotel mesmo, na hora do almoço o serviço é a la carte, pegamos uma massa para ele e beliscamos uma porção. Fomos para o quarto descansar e eu fui ao encontro da pessoa responsável pela área comercial do hotel que me apresentou outras partes do hotel como o spa.



























Quando o sol diminuiu um pouco fomos na piscina infantil,os monitores ficam por lá, sempre que a piscina infantil está aberta tem um monitor na piscina.










A parte de recreação não é o ponto forte do hotel, eles oferecem  esse serviço porém não é um resort para estar o tempo todo fazendo atividades, é mais um lugar para relaxar. As crianças tem seus espaços bem equipado e suas atividades. Não achei a equipe de recreação a mais animada, mas além de ser a proposta do hotel um lugar mais contemplativo, para a faixa etária das crianças que mais vão ao hotel acho que acaba suprindo bem, a maioria das crianças são bebês, que vão com suas babás ou o hotel tem uma relação de babás para indicar, e crianças pequenas. A recreação que você pode "largar" as crianças sozinhas com os monitores são para crianças acima de 4 anos, abaixo disso um responsável tem que ficar por lá. O João ainda não tinha completado 4, ficamos a maior parte com ele mesmo, um dia deixamos ele sozinho por uma hora mais ou menos sozinho, isso porque os monitores já o conhecia e ele não é uma criança de chorar sem os pais.






No dia seguinte saímos para conhecer a vila de Porto de Galinhas e as piscinas naturais. Pegamos o transporte gratuito do hotel até o centro da cidade, tem que agendar antes e tem numero limitado. Pode agendar ida e volta. Como não tínhamos horário para voltar achei melhor reservar só a ida mesmo e a volta depois dávamos um jeito.
Tiramos fotos com as galinhas espalhadas pelo calçadão, e logo pegamos uma jangada para o passeio nas piscinas naturais, nesse passeio não pode bobear, tem que ver o horário certinho da maré para poder fazer o melhor passeio, e quanto mais cedo melhor, menos gente e tumulto.O passeio hoje tem algumas regulamentações, tem uma corda até onde as pessoas podem andar para não prejudicar mais ainda os corais, mas mesmo assim acho que o tanto de pessoas que passam por ali principalmente na alta temporada não deve ser muito "sustentável" não, mas já é um começo que estão tendo alguns critérios para evitar que piore.





 Depois do passeio de jangada, paramos um pouco na praia para um mergulho e pular algumas ondinhas, já que nessa praia tem algumas ondas, pequenas, mas tem .





Assim que o sol começou a apertar e a fome também, resolvemos levantar acampamento e almoçar em algum restaurante  na vila mesmo, mas antes fomos abordados pela equipe de venda do Timeshare do hotel Enotel. Eles não se apresentaram dessa forma, é claro, primeiro com uma pesquisa ao turista, depois ofereceram água gelada e um almoço completo no restaurante do hotel, com transporte de ida e de volta para o nosso hotel, é claro que aceitamos, em troca disso tudo só teríamos que ouvir uma palestra sobre o hotel por volta de uns 45m. Chegamos no Enotel, e já almoçamos, achei a manutenção do hotel um pouco a desejar, já que se tratava de um empreendimento relativamente novo. O buffet do almoço tinha bastante variedade, mas nada que se dissesse UAL que delícia. Depois do almoço, eles colocaram o João numa salinha com monitores, TV e papeis para desenho e para nós uma vendedora não parou de falar por quase uma hora, o Edison, cochilou na cara dura da mulher, e eu que tive que nos "livrar" daquela situação, sem comprar qualquer titulo de hotéis.























No último dia contratamos um bugueiro para fazer o passeio nas praias próximas, passeio de metade do dia, que passa na vila novamente para visitar o projeto Hippocampus, dos cavalos marinhos e segue pelas praias do Cupe, Maracaípe. Logo no primeiro dia o maleteiro que nos acompanhou ao bangalô já tentou nos oferecer o passeio, claro que ele deve ser comissionado, e como estávamos no melhor hotel da cidade, o preço que ele nos passou era cerca de 50% a mais do valor do passeio que acabamos fechando com um bugueiro na praia mesmo, assim pudemos negociar melhor.
Se você não tem muito tempo na cidade, feche o passeio no hotel mesmo, assim já fica agendado e não corre o risco de ficar sem o passeio, mas essa comodidade é claro vai te custar bem mais .











Adorei o passei, gostei mais que das piscinas naturais, o vento, a brisa batendo no rosto e olhando aquele marzão e toda vegetação ao redor vale muito a pena. Paramos para um mergulho na praia de Maracaípe, lá é ponto dos surfistas, com ondas de mais de 2 metros, nosso bugueiro disse para tomar muito cuidado que ali o mar não era brincadeira, ficamos bem no comecinho, pulamos algumas ondas e voltamos revigorados.









Na nossa última noite no hotel, recebi uma surpresa no quarto, um bolo de aniversário com um cartão, no dia seguinte era meu aniversário e como sairíamos antes do almoço, já deixaram a surpresa, e durante o jantar o Edison avisou a equipe do restaurante e também trouxeram a mesa um bolinho individual e todos cantaram parabéns ! Foi também uma despedida desses dias no paraíso.